Paraná

Funcionários da Sanepar doam alimentos na campanha Cesta Solidária

Arrecadações foram entregues para a Defesa Civil e serão distribuídas em todo o est...

04 mai 21 - 17h41 Redação SOT
Funcionários da Sanepar doam alimentos na campanha Cesta Solidária

Empregados da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) participaram da campanha Cesta Solidária Paraná, promovida pelo Governo do Estado, com a doação de 1.907 cestas básicas, que somaram 22.884 toneladas de alimentos. Esses alimentos poderão ajudar cerca de 80 famílias ao longo de um mês.

Respeitando os protocolos de segurança contra a Covid-19, as cestas foram entregues à Defesa Civil do Estado, nesta segunda-feira, que destinou às Coordenadorias Regionais de Proteção e Defesa Civil. Os alimentos serão distribuídos de acordo com indicadores de renda das famílias.

Os empregados fizeram suas doações presencialmente nas unidades da Sanepar em todo o estado, adquiriram cestas por meio da plataforma de arrecadação desenvolvida pela Fomento Paraná ou colaboraram com desconto em folha de pagamento, recurso que a Sanepar usou para a compra de mais cestas.

“Pequenas boas ações ganham dimensão, impacto e ajudam a formar um imenso elo de solidariedade. As arrecadações feitas na Sanepar para a campanha Cesta Solidária Paraná chegaram à mesa de paranaenses que passam por severas dificuldades neste momento de pandemia. Sou grato pela oportunidade de vivenciar, mais uma vez, o espírito solidário que cada empregado da nossa Companhia tem”, destaca o diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile.

Vulnerabilidade – Conforme dados de 2020 da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho do Paraná (Sejuf), 258 mil famílias no estado vivem em situação de extrema pobreza, que foi agravada pela pandemia. Segundo a Sejuf, são pessoas que vivem com menos de R$ 3 por dia, e a maior parcela depende de doações para conseguir se alimentar.

Via: Assessoria Sanepar - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.