Paraná

Chegando ao limite: Paraná ativa mais 25 leitos exclusivos para atendimento à covid19

Novas ativações estão sendo estudadas para os próximos dias, mas o secretário de Es...

28 mai 21 - 15h37 Redação SOT
Chegando ao limite: Paraná ativa mais 25 leitos exclusivos para atendimento à covid19

A Secretaria de Estado da Saúde ativou mais 25 leitos exclusivos para atendimento à covid-19 nesta quinta (27) e sexta-feira (28). São 14 leitos de UTI, sendo quatro no Hospital Universitário Evangélico Mackenzie e dez no Hospital Municipal do Idoso Zilda Arns, ambos em Curitiba. E em Apucarana, no norte do Estado, são mais 11 leitos de enfermaria no Hospital da Providencia. O total de leitos ativados somente nesta semana chega a 76 unidades.

Novas ativações estão sendo estudadas para os próximos dias, mas o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, alerta que essas ampliações estão chegando ao limite.

“A determinação do governador Ratinho Junior é que o Estado continue ativando leitos exclusivos para atendimento à covid-19, porém, estamos chegando ao limite de mão de obra e insumos médicos. Por isso, é muito importante que nesse momento crítico em que vivemos a população colabore mantendo as medidas de segurança e o isolamento social”, alerta.

Ele enfatiza ainda que não há garantias de que o leito salve vidas. “Cerca de 30% das pessoas que são internadas não resistem às complicações causadas pela doença e acabam indo a óbito”, disse. Segundo ele, esse número sobe para cerca de 60% dos internamentos em leitos de UTI. “Por esse motivo insisto: cada um deve fazer a sua parte para não contrair o coronavírus”.

DADOS – Segundo a Regulação de Leitos Estadual, o total de leitos para o tratamento exclusivo da covid-19 no Paraná chega agora em 4.813, sendo 1.958 leitos de UTI e 2.855 enfermarias. A ocupação é de 95% e 82% respectivamente.

Via: Agência de Noticias do Paraná - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.