Paraná

Levantamento mostra que 86% das cidades abriram novas vagas entre janeiro e abril

Dos 399 municípios do Estado, 346 fecharam o quadrimestre com saldos positivos na g...

31 mai 21 - 11h11 Redação SOT
Levantamento mostra que 86% das cidades abriram novas vagas entre janeiro e abril

O recorde na geração de empregos formais no Estado no primeiro quadrimestre de 2021 foi alcançado com a participação da grande maioria dos municípios paranaenses. O saldo de vagas foi positivo em 346 das 399 cidades, o que abrange 86% dos municípios. Em oito deles o número de demissões e de admissões foi o mesmo, com saldo igual a zero, e em apenas 45 houve redução nos postos de trabalho.

A informação consta no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, que registrou a criação de 87.804 vagas entre janeiro e abril no Paraná. Foi o melhor resultado para o período em 11 anos, posicionando o Estado como o quarto no País na geração de empregos.

“A política de atração de investimentos do Governo do Estado busca atender todas as regiões paranaenses, somada à força do setor produtivo, que mostra sinais de recuperação da crise causada pelo coronavírus. Esses fatores resultam no bom desempenho em geração de emprego na maioria das cidades do Paraná”, diz o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Especificamente em abril, 263 municípios (66%) fecharam o mês com saldo positivo, 22 registraram a mesma quantidade de contratações e desligamentos e em 114 houve mais demissões do que admissões. O Estado criou no último mês 10.019 vagas de emprego, com destaque para a indústria, que respondeu por quatro em cada dez vagas abertas no mês. 

Curitiba foi terceira capital brasileira que mais gerou empregos no quadrimestre, com 17.739 postos, melhor resultado do Estado. É seguida por Cascavel (4.518), Maringá (3.478), Londrina (3.447), São José dos Pinhais (2.331), Araucária (2.285), Toledo (2.204), Pato Branco (1.834), Ponta Grossa (1.771), Apucarana (1.733), Cambé (1.342), Guarapuava (1.232), Umuarama (1.077), Ortigueira (1.046) e Pinhais (1.003).

Já no mês de abril o destaque ficou com Cascavel (1.060), Maringá (487), Pato Branco (371), São José dos Pinhais (356), Ortigueira (354), Apucarana (350), Araucária (325), Cambará (298), Cambé (278), Colorado (255), Toledo (251), Jandaia do Sul (247), Palotina (201), Paranaguá (192) e Campo Mourão (192).

12 MESES – A pandemia de Covid-19 chegou a derrubar o saldo de empregos em alguns meses do ano passado, situação que respingou no resultado do primeiro quadrimestre de 2020, quando houve saldo negativo de 22.424 vagas. Mas a recuperação iniciada nos meses seguintes, que fez com que o Paraná fechasse 2020 com o segundo melhor resultado do País, continuou neste ano.

No acumulado dos últimos 12 meses, o Estado abriu 165.170 vagas. Entre maio de 2020 e abril deste ano, 348 cidades, ou 87% dos municípios paranaenses, abriram novas vagas. Em três delas o total de contratações e demissões foi o mesmo e nas outras 48 o saldo de empregos foi negativo.

Os 15 municípios com o melhor resultado no período foram Curitiba (35.335), Ponta Grossa (7.508), Cascavel (6.803), Maringá (5.776), Londrina (5.722), Arapongas (3.443), Toledo (3.157), Guarapuava (3.049), Apucarana (2.897), Umuarama (2.808), Pato Branco (2.667), Araucária (2.583), Cambé (2.583), São José dos Pinhais (2.472) e Ortigueira (2.206).

Via: Agência de Noticias do Paraná - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.