Paraná

Escolinha de futebol de base alia esporte e formação humana em Cafelândia

Atualmente, o projeto compreende mais de 200 crianças e adolescentes, sendo referên...

16 jul 21 - 14h17 Atualizado 16 jul 21 - 14h33 Redação SOT
Escolinha de futebol de base alia esporte e formação humana em Cafelândia

Formar cidadãos no âmbito social, esportivo e humano, essa é a missão da Escolinha de Futebol de Base de Cafelândia, no Paraná. O projeto é ligado a Secretaria de Esportes do Município e teve início em 1997, na gestão do então Prefeito Romano Czerniej, sendo idealizado por Renaldo Preis (Pinheirão). 

O esporte apresenta histórias de superação e o início foi árduo. “Como era um trabalho novo, não tinha uma estrutura adequada. Em algumas ocasiões, chegamos a fazer rifas para poder arrecadar fundos e participar de competições”, relata Renaldo, que acumulou as funções de treinador do futsal e do futebol até o ano de 2004.

Atualmente, o projeto compreende mais de 200 crianças e adolescentes, sendo referência na Região Oeste Paranaense, com conquistas e boas participações em campeonatos, além de revelar atletas para o futebol profissional, como é o caso de Bruno Nazário, meio-campista do América/MG. 

Os alunos dão seus primeiros passos no futsal e após um processo de adaptação são inseridos no futebol de campo, como descreve o atual responsável técnico Renato Semenssi (Renatinho). 

Aspecto social e humano

É importante ressaltar o caráter social e de formação humana do projeto. O trabalho inclui o acompanhamento da questão comportamental dos alunos e aqueles que tiverem problemas disciplinares no colégio podem ser suspensos dos treinamentos durante um período. 

Em competições fora do município é feito um cronograma de ações a serem executadas, como a organização dos materiais esportivos e a limpeza do alojamento e do meio de transporte. “Saímos daqui e os atletas já sabem que além do futebol eles vão realizar as atividades diárias de correção que todos nós no dia a dia precisamos”, explica Renato, que considera o futebol uma função de vida e o atleta um trabalhador como qualquer outro. 

Jonathan Kauan: a nova promessa

Cria das categorias de base de Cafelândia, Jhonatan Kauan Eleoterio Diogo, de 16 anos é o exemplo mais recente do bom trabalho desenvolvido no município. Em março deste ano o jovem atacante assinou profissionalmente com a equipe do Internacional/RS, para atuar a princípio na categoria Sub-17. 

Um dos seus mentores, Renato, o descreve como um atleta de personalidade forte, determinado, dinâmico e enaltece a formação humana do jovem, que recentemente fez a doação de uma chuteira para a realização de uma campanha do agasalho em Cafelândia. “Um garoto de 16 anos, já tendo essa mentalidade, mostra que acertamos nas orientações”, destaca Renato. 

Nas palavras do atleta, nota-se a valorização de suas origens. “Sou muito grato, comecei desde os meus 4 anos de idade, tenho muito orgulho e aprendi bastante com todos os professores. Sou grato ao Everton, ao Rafael e ao Renato. Foi onde fiz minhas amizades, ganhei muitas coisas e vivi muitos momentos”, expõe Jonathan, que assegura levar sempre consigo o aprendizado adquirido.

Via: Redação/Marcos Antonio Lemes - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.