Cascavel

Feriadão da Independência tem 26 condutores flagrados dirigindo sem habilitação em Cascavel

Mais do que uma infração, conduzir veículo sem preparo é um risco à vida: neste ano...

08 set 21 - 16h29 Atualizado 08 set 21 - 21h33 Redação SOT
Feriadão da Independência tem 26 condutores flagrados dirigindo sem habilitação em Cascavel

Mais uma vez o balanço das operações-bloqueio traz um dado preocupante para as autoridades que estão na gestão do trânsito e da segurança viária de Cascavel. Embora tranquilo, este Feriadão da Independência repetiu uma problemática que a Transitar vem alertando há tempos: o número de condutores na via, sem habilitação é preocupante.

Somente nas blitze integradas desse fim de semana prolongado, foram 26 autuações de condutores sem habilitação. Uma infração gravíssima que, embora menor em relação ao início deste ano, ainda coloca em risco a vida de quem está guiando sem o devido preparo e, mais ainda, de todos os demais cidadãos que estão circulando na via pública.

Esse número, segundo a presidente da Transitar, Simoni Soares, chegou a 49,13% das autuações no início de 2021 e, agora, representa em média 24% das infrações registradas nas operações, o que ainda intriga, porque trata-se de uma triste realidade em que a maioria é de jovens, principalmente ocupando motocicletas, que estão perdendo a vida devido à vulnerabilidade desse tipo de veículo.

50% dos condutores mortos estavam sem CNH; todos motociclistas

Das 18 mortes registradas no período urbano este ano, 12 estavam em veículos motorizados e, desses, seis sem habilitação. Dentre os inabilitados, os seis eram motociclistas segundo o balanço do setor de Educação de Trânsito da Transitar.

“Temos visto um crescente número de jovens que adquirem motocicletas e, na ânsia natural de usar, não aguardam a conclusão da habilitação ou, ainda, pais que acabam entregando veículos na mão de adolescentes ou jovens que ainda não têm o devido preparo para essas situações, o que podem terminar em tragédias. Somente a conscientização da sociedade como um todo pode contribuir para mudar esse quadro e retirar da via condutores inabilitados, que não seja pela via da fiscalização que continuará sendo intensificada”, alerta Simoni.

Preparo é fundamental

O setor de educação de trânsito da Transitar integra o Cotrans, o qual conta com um equipe de técnicos que analisa as possíveis causas dos óbitos na via pública. O grupo aponta ainda soluções de engenharia e educação para redução de sinistros e mortes tanto no perímetro urbano como nas rodovias.

 “A estatística não é numérica, são vidas que perdemos. Isso entristece, pois mostra que o despreparo para estar no trânsito, o que aumenta o risco de sinistro fatal, principalmente num momento em que a frota cresce diariamente e requer domínio não apenas do veículo, mas o conhecimento de todas as normas e leis de trânsito, além do uso de equipamentos e acessórios adequados de proteção”, alerta a educadora de trânsito e cidadania da Transitar, Luciane de Moura.

Intensificação nos bairros

As operações-bloqueio foram realizadas de forma descentralizada neste feriadão e deve seguir nos bairros e na região central de Cascavel, atendendo pedidos da comunidade para intensificar blitze principalmente em vias revitalizadas como a Rua Xavantes e a Avenida Papagaios, onde há abusos e excesso de velocidade.

Além da falta de habilitação, foram registradas infrações por embriaguez ao volante, condução de veículo com CNH cassada ou suspensa, recusa de realização de teste do etilômetro, manobras perigosas e fuga de bloqueio, além de encaminhamento à 15ª SDP por embriaguez e por mandado de prisão em aberto. Nos bairros, ainda se percebe a falta de uso de dispositivo de segurança, como o cinto e a cadeirinha, devido à sensação de falta de fiscalização.

No total, 18 carros, um caminhão e sete motos foram removidos ao pátio da Transitar por apresentar irregularidades.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.