Paraná

Júri de acusados pela morte de psicóloga que trabalhava em penitenciária no PR tem nova data

O júri foi anulado no dia 28 de agosto após um pedido da defesa dos seis acusados d...

10 set 21 - 20h51 Atualizado 10 set 21 - 20h51 Redação SOT
Júri de acusados pela morte de psicóloga que trabalhava em penitenciária no PR tem nova data

A 13ª Vara Federal de Curitiba marcou para o dia 13 de dezembro de 2021, às 9 horas, o novo julgamento do caso da psicóloga Melissa Almeida de Araújo, morta a tiros em maio de 2017, na cidade de Cascavel, no sudoeste do Paraná. O júri foi anulado no dia 28 de agosto após um pedido da defesa dos seis acusados do crime. O caso corre sob segredo de justiça.

A magistrada que conduz o caso dissolveu o Conselho de Sentença depois que documentos foram apresentados nos debates, sem que tivessem sido juntados com o prazo de antecedência previsto, e as defesas não tiveram conhecimento no prazo legal.

O júri foi anulado após se passarem seis dias do inicio. Até aquele dia, já tinham sido ouvidas no processo, 14 testemunhas de acusação, 06 de defesa e 02 testemunhas do juízo, totalizando 22 pessoas.

Jurados - O sorteio dos jurados ficou marcado para o dia 24 de novembro de 2021, às 14 horas. A sessão vai acontecer no auditório da sede da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba.

Crime - Melissa foi morta a tiros em maio de 2017, quando chegava em casa acompanhada do esposo e do filho, na cidade de Cascavel, no sudoeste do Paraná. A mulher trabalhava na Penitenciária Federal de Catanduvas. Naquele dia, o marido de Melissa, que é policial civil, ficou gravemente ferido.

De acordo com um Inquérito da Polícia Federal, a psicóloga teria sido morta por encomenda de uma facção criminosa, que fez uma emboscada para ela e para o policial civil. A morte pode ter relação com o trabalho de Melissa, aponta as investigações.

Via: Redação/Radio Banda B - Foto: Luiz Felipe Max/Arquivo


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.