Cascavel

Paranhos confirma que a Latam começará a operar no Aeroporto de Cascavel em 2022

O anúncio da empresa, sem maiores detalhes, foi feito nesta quarta-feira (15), repe...

15 set 21 - 18h36 Redação SOT

Considerado pelas próprias empresas de aviação um dos melhores do Brasil na atualidade, o Aeroporto de Cascavel passará a receber voos regulares da Latam Airlines no primeiro trimestre de 2022. O anúncio da empresa, sem maiores detalhes, foi feito nesta quarta-feira (15), repercutido em sites especializados como o Aeroin e também prevê voos a partir de São Paulo para outros aeroportos, dentre eles Caxias do Sul (RS) e Sinop (MT).

“Durante a pandemia, conseguimos atingir um patamar de competitividade que nunca tivemos na última década, e isto possibilita a abertura de novas rotas que antes podiam não ser sustentáveis financeiramente”, afirmou Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil.  “O passageiro brasileiro precisa de mais opções para voar”, completou.

Com esses novos voos, a companhia ampliará em quase 30% a quantidade de aeroportos atendidos no Brasil na comparação com 2019. As rotas operadas no País por seus aviões saltarão das atuais 101 para 134 até o fim de março do ano que vem.

COMPENSAÇÃO - O anúncio da Latam veio compensar uma má notícia das últimas horas: o rearranjo na programação de voos da Azul Linhas Aéreas para o fim deste ano e início do próximo, o que levou o prefeito Leonaldo Paranhos a fazer um desabafo indignado na noite de ontem (14), no Facebook.

A empresa comunicou à Transitar o cancelamento dos voos que estavam previstos para os seguintes períodos: 31 de outubro a 1º de janeiro, 14 e 15 de novembro, 20 de dezembro a 1º de janeiro e 3 a 28 de janeiro.  “Espero que a Azul reveja essa proposta”, disse na gravação o prefeito

Via: Redação/Alerta Paraná/Aeroin - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.