Paraná

Kits de robótica são entregues para escolas estaduais de mais 42 municípios

A iniciativa faz parte do Programa Robótica Paraná, que tem foco no desenvolvimento...

09 out 21 - 09h00 Redação SOT
Kits de robótica são entregues para escolas estaduais de mais 42 municípios

Mais 65 colégios estaduais de 42 municípios receberam nesta semana kits educacionais de robótica. Foram contempladas desta vez unidades das regiões Norte, Noroeste e Oeste do Estado, de seis diferentes Núcleos Regionais de Educação (NREs). A iniciativa faz parte do Programa Robótica Paraná, que tem foco no desenvolvimento de projetos tecnológicos em aulas de robótica oferecidas para estudantes do Ensino Médio.

Nesta sexta-feira (8) foram entregues kits aos NREs de Foz do Iguaçu, Paranavaí, Campo Mourão e Maringá, para os municípios de Foz do Iguaçu, Itaipulândia, Matelândia, Medianeira e São Miguel do Iguaçu; Alto Paraná, Paranavaí, Santo Antônio do Caiuá e Uniflor; Araruna, Barbosa Ferraz, Campina da Lagoa, Campo Mourão, Luiziana e Mamborê; Atalaia, Colorado, Floraí, Floresta, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Paiçandu e Sarandi.

Na quinta (7), receberam os kits as cidades de Bela Vista do Paraíso, Cafeara, Cambé, Centenário do Sul, Londrina, Primeiro de Maio, Rolândia, Sertanópolis e Tamarana (NRE Londrina), e Cianorte, Cidade Gaúcha, Indianópolis, Japurá, Jussara, Rondon, São Manoel do Paraná e São Tomé (NRE Cianorte).

No total, o Governo do Estado está entregando mais de 2,5 mil kits para atender mais de 250 colégios em um investimento de R$ 9, milhões. A iniciativa faz parte do programa Robótica Paraná, que já entregou os equipamentos em mais da metade dos 32 NREs até o momento.

Presente nas entregas para os NREs Londrina, Cianorte e Foz, o chefe da Casa Civil, Guto Silva, destacou que o kit representa uma oportunidade para os alunos terem acesso à tecnologia e a oportunidade de se prepararem para o mercado de trabalho. “Significa democratizar o acesso ao emprego no futuro”, disse. “Estamos levando essas ferramentas a escolas estaduais de todo o Paraná”.

Ao ressaltar que poucas escolas particulares oferecem o aprendizado de robótica a seus alunos, Silva ressaltou que a educação é considerada prioritária pelo governo. “Todo esse trabalho faz parte de uma estratégia definida pelo governador Ratinho Junior para permitir que no Paraná todos possam ter as mesmas oportunidades. E isso só é conseguido através da educação”, afirmou.

OPORTUNIDADE – O programa Robótica Paraná foi lançado no final de agosto e oferece a alunos do Ensino Médio da rede estadual conteúdos de automação, conceitos de IoT (internet das coisas) e domótica – área relativa à integração de mecanismos tecnológicos em uma residência. Com o programa Educação para o Futuro, previsto para começar no ano que vem, a intenção é adquirir mais 6 mil kits de robótica para os colégios da rede estadual.

Os kits são compostos por notebooks e um conjunto de peças com 448 componentes eletrônicos, que inclui motores, sensores, atuadores e microprocessadores arduínos, por exemplo.

Para facilitar o processo de aprendizagem, os alunos contarão com materiais didáticos como videoaulas e cartilhas digitais, com instruções gráficas detalhadas que elucidam o passo a passo de cada proposta de atividade. Alguns exemplos são braço robótico, irrigador automático e projeto semáforo. Todos os materiais estão disponíveis no site do Robótica Paraná.

ESCUTA – Além das entregas, que fez ao lado de diretores da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR), o chefe da Casa Civil participou de reuniões com diretores de colégios nessas regiões, debatendo o retorno às aulas presenciais e a necessária evolução pedagógica pós-pandemia.

“Foi uma ótima oportunidade para saber como está a percepção das ações da Secretaria, de como podemos melhorar e identificar os gargalos para poder dar mais suporte aos núcleos e escolas”, declarou o diretor-geral da Seed-PR, Vinicius Neiva.

Via: Agência de Noticias do Paraná - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.