Cascavel

Agro: Falta de energia na área rural compromete produção na região oeste do Paraná

Sem luz, hoje pela manhã, o produtor teve que tratar os animais de forma manual. ‘’...

15 out 21 - 12h23 Atualizado 15 out 21 - 12h27 Redação SOT
Agro: Falta de energia na área rural compromete produção na região oeste do Paraná

O forte temporal que atingiu municípios paranaenses na madrugada de ontem (14), deixou transtornos no campo. Em Sede Alvorada, distrito de Cascavel, no Paraná, um produtor rural relatou a falta de energia por mais de 30 horas. ‘’Tem dez postes quebrados. Já liguei, cansei!’’, lamentou o produtor Jurandir Lamb.

A preocupação é com os animais, já que a granja é toda automatizada. Sem luz, hoje pela manhã, o produtor teve que tratar os animais de forma manual. ‘’Estou correndo atrás de gerador, mas está tudo alugado. Está muito difícil! São 400 matrizes e 1100 leitões’’.

As 9h da manhã, Jurandir informou que a energia foi restabelecida, mas que que a bomba de água ainda estava lenta. ”Os animais estão desesperados. A água não pode faltar em hipótese alguma. As fêmeas prenhas, sem água, abortam”.

Em Espigão Azul,  o produtor  Eduardo Lange também segue preocupado com a queda da rede de energia. ”Agora com o temporal, estou com árvores caídas sobre a rede e não sei  nem quando serei atendido. Sem energia desde ontem”.

O QUE DIZ A COPEL - Entramos em contato com a Companhia de Energia para saber quando situação será normalizada por completo e recebemos a seguinte nota:

Continuam os trabalhos de recomposição da rede elétrica nas regiões Oeste e Sudoeste, severamente danificada com a passagem do temporal que atingiu o Paraná na madrugada de quarta para quinta-feira. No momento, em todo o Paraná, a Copel registra 88,3 mil unidades consumidoras aguardando o restabelecimento do fornecimento de energia. Destas, cerca de 38,6 mil unidades consumidoras estão nas regiões Oeste e Sudoeste.

Alguns municípios tiveram o fornecimento de energia quase totalmente interrompido, dentre eles, São José das Palmeiras e Diamante do Oeste permanecem praticamente sem energia. Chove agora pela manhã e há previsão de chover mais ao longo do dia, o que pode ocasionar novos desligamentos.

A Copel está com mais de 160 equipes nas ruas nesta manhã, trabalhando para restabelecer o fornecimento de energia o mais rapidamente possível. No momento, há 2.600 emergências para atendimento e a lista de estragos é grande: 53 alimentadores abertos, cerca de 110 postes quebrados e muitos cabos rompidos.

A Copel lembra que, em dias de tempestades, deve-se manter distância de situações que possam oferecer riscos, como postes quebrados e fios rompidos. A falta de luz pode ser comunicada pelo site e aplicativo, pelo telefone 0800 51 00 116 e pelo WhatsApp 41 3013-8973. Há ainda a opção de enviar uma mensagem de texto (SMS) para o número 28593, com as letras “SL” e o número da unidade consumidora.

SEM ENERGIA, SEM ÁGUA!

Algumas unidades de produção e de distribuição de água ainda estão sem energia, inviabilizando a sua operação. Em Toledo, a estação elevatória que bombeia água para as regiões dos bairros Jardim Porto Alegre, Jardim Gisele, Jardim Concórdia, Bandeirantes e Independência. A unidade fica na comunidade do Poty, próximo ao aeroporto da cidade. A Sanepar está instalando um gerador na unidade para poder abastecer os moradores. No entanto, a previsão é a de que o abastecimento volte à normalidade a partir das 22h.

Também permanecem com o abastecimento comprometido pela falta de energia as cidades de São José das Palmeiras, Formosa do Oeste, Maripá e o distrito de Vila Candeias, Diamante do Oeste, Iracema do Oeste, Guaíra, e os distritos de Luz Marina, em Toledo, São Judas Tadeu, em São Pedro do Iguaçu, Carajá, em Jesuítas, e Central Santa Cruz, em Cafelândia, os distritos de Palmital, Palmitópolis e Marajó, em Nova Aurora, e São Camilo, no município de Palotina.

Na regional de Cascavel estão sem energia os sistemas de Corbélia e o distrito de Ouro Verde do Piquiri, Ramilândia, distrito de Ibiracema, em Catanduvas, e o distrito de São João do Oeste, em Cascavel.

Via: Redação/Sou Agro - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.