Cascavel

Secretaria do Meio Ambiente apoia projeto de colégio sobre consumo consciente

Divisão de Educação Ambiental do Município ministrou palestra sobre o Programa Reci...

15 out 21 - 16h21 Redação SOT
Secretaria do Meio Ambiente apoia projeto de colégio sobre consumo consciente

Sete mil toneladas. Essa é a quantidade média que o Aterro Sanitário Municipal recebe todos os meses de resíduos domésticos gerados pela população.

Pelos menos 30% desse material poderiam ser reaproveitados, caso os moradores realizassem, diariamente, a separação dos materiais recicláveis.  No entanto, mesmo diante desse desafio cotidiano, o Aterro Sanitário de Cascavel é uma fonte energia limpa, onde todo o lixo orgânico é utilizado à produção da eletricidade.

Diante desse cenário, iniciativas em favor do meio ambiente ganham destaque quanto à importância de ampliar a corrente da sustentabilidade. Um colégio privado de Cascavel, por meio da turma do 1º ano C do Ensino Fundamental, desenvolveu o projeto pela empatia ao meio ambiente.

“Dentro do Valor Marista Empatia, a turma do 1º ano C – Marista Cascavel, desenvolveu o projeto pela empatia ao meio ambiente, e qual a melhor forma de demonstrar isso, senão mantendo-o limpo de resíduos, reconhecendo que não existe o ‘’Jogar fora”. Tudo que é descartado de forma irregular, de alguma maneira pode virar problema no meio ambiente e consequentemente para nós sujeitos interdependentes”, destacou a professora Adriana da Silva Costa Teixeira do 1º Ano C.

“A dinâmica com os alunos trouxe novamente a oportunidade de enaltecer a importância do Programa Reciclar é Preciso, instrumento que vem trazendo inspiração às nossas crianças em compreender cada vez mais sobre  o processo de separação do resíduos gerados”, explicou a coordenadora da Divisão de Educação Ambiental, Indialara Taciane Rossa.

O Programa Reciclar é Preciso conta com uma estrutura de coleta de 7 (sete) caminhões e 23 (vinte e três) coletores de empresas terceirizadas, que realizam o trabalho em 33 (trinta e três) setores. Os materiais recicláveis são distribuídos para os Ecopontos, sendo triados e comercializados pelas cooperativas credenciadas pelo Município.

A Divisão de Educação Ambiental, além de ministrar palestrar sobre o programa, também distribuiu folders informativo e bolsas de ráfia, os quais foram distribuídos pelo colégio a às famílias dos alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I, incentivando-os a separação de resíduos em suas casas. “Quero, em nome da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, agradecer o convite e parabenizar a instituição de ensino pelo trabalho educação ambiental em sua plenitude, ou seja, da teoria até a prática”, enalteceu Indialara.

“Não existe o ‘jogar fora’, moramos num só planeta e as consequências de um uso indiscriminado de seus recursos naturais atinge a todos. Para isso a prática  do Consumo Consciente  nos faz repensar nosso modo de vida. O que fazemos com nossos resíduos atinge toda a vida na terra”, completou a educadora ambiental.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.