Paraná

PRF encerra a Operação Finados 2021 no Paraná

Redução no número de pessoas feridas e mortas, em relação ao ano anterior, indica u...

03 nov 21 - 17h31 Redação SOT
PRF encerra a Operação Finados 2021 no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, às 23h59 de terça (2), a Operação Finados 2021 no Paraná. Neste ano, durante os cinco dias de operação, que teve início na sexta (29), agentes da PRF flagraram 59 motoristas dirigindo bêbados; quatro foram presos. 324 condutores ou passageiros estavam sem o cinto de segurança, além de 56 ocasiões em que crianças não utilizavam adequadamente um dispositivo de retenção, como a cadeirinha.

Ainda, foram registradas 277 ultrapassagens irregulares durante o feriado. Esse tipo de ultrapassagem é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário.

A PRF registrou 113 acidentes, com 114 pessoas feridas e 8 mortes nas rodovias federais do Paraná, de sexta a terça. Em 2020 houve 112 acidentes, com 126 feridos e 9 mortos. Uma redução de cerca de dez por cento no número de feridos e de onze por cento nas fatalidades, fato que indica uma redução na gravidade dos acidentes

Foram fiscalizadas 4.684 pessoas e 3.996 veículos. 2.663 infrações foram registradas pelos policiais, nos cerca de quatro mil quilômetros de rodovias federais da circunscrição da PRF no Paraná. 179 veículos foram recolhidos aos pátios por diversas irregularidades.

Também, foram apreendidos mais de 421 mil maços de cigarros contrabandeados. Além disso, 39 pessoas foram detidas durante o feriado e 14 veículos foram recuperados.

Via: Assessoria Polícia Rodoviária Federal - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.