Cascavel

Meninas da Fag/Cascavel ficam com o vice da Liga Hand Feminina

A competição teve dois grupos na fase classificatória e todos os times avançaram pa...

16 nov 21 - 21h23 Atualizado 16 nov 21 - 23h24 Redação SOT
Meninas da Fag/Cascavel ficam com o vice da Liga Hand Feminina

A equipe da Fag/Cascavel/ BearskinCrossfit partiu para São Bernardo do Campo, no interior de São Paulo, com um objetivo muito claro: queria estar entre os melhores times de handebol do país. E conseguiu. Chegou na grande final da Liga Hand Feminina, competição que foi organizada pela Associação Brasileira de Handebol Feminino (Abrahand) e que teve a sua primeira edição em 2021.

A competição teve dois grupos na fase classificatória e todos os times avançaram para as quartas de final. O time cascavelense não teve a melhor campanha na fase inicial, foi o terceiro colocado no Grupo 1 com doze pontos. Em seis jogos, foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Essa condição dificultaria o caminho até a decisão. Mas as meninas se superaram. Já nas quartas de final, no último sábado (13), Cascavel derrotou o time anfitrião da etapa decisiva da Liga Hand e fez 27 a 23 na Unip/São Bernardo. Com este resultado, avançou para as semifinais para enfrentar Concórdia.

Cascavel havia feito dois jogos contra o adversário de Santa Catarina na primeira fase, com uma vitória e uma derrota. No entanto, nas semis, conseguiu nova vitória por 29 a 21 e avançou para a grande decisão. A decisão do título foi contra o tradicional Pinheiros, mas prevaleceu a tradição do time paulista que venceu por 31 a 21 e ficou com o título da Liga Hand Feminina. Cascavel ficou com o vice-campeonato do torneio e teve motivos para comemorar.

O técnico Neudi Zenatti fez uma avaliação dos jogos decisivos de Cascavel na Liga Hand. “Depois de muita briga e muita luta na fase classificatória, acabamos ficando em terceiro lugar na chave. Era predestinado. Todo mundo queria ficar em primeiro lugar na Chave Sul. E como ficamos em terceiro fugimos do Pinheiros nas semifinais. Tivemos um duelo um pouco mais complicado com São Bernardo nas quartas, mas fugimos do Pinheiros, que foi o campeão. Todo mundo sabia que este time era o ‘bicho-papão’ da competição”, explicou.

“Contra Concórdia, as meninas entraram bem centradas, bem determinadas, o sistema tático de jogo proposto por mim funcionou. E tivemos um grande resultado contra Concórdia que nos colocou na final. Fomos para a final querendo o título, mas, infelizmente, o Pinheiros está dois degraus acima da gente em termos de estrutura. Mas acabamos coo vice-campeões e isso nos dá um alento muito grande pelo trabalho que a gente vem desenvolvendo junto à equipe e aos nossos patrocinadores, todo o pessoal que colabora para que a gente possa ter uma equipe aqui, do cantinho do Paraná, como uma das melhores equipes de handebol do Brasil. Isso é um orgulho pra mim, para a nossa cidade e para a todas as pessoas que gostam de handebol”, disse o treinador.

O vice-campeonato significa muito para o time cascavelense, mas as meninas do técnico Neudi Zenatti ainda têm um compromisso importante na temporada. O time disputa as finais do Campeonato Paranaense de Handebol – Chave Ouro Adulto. Os jogos serão nos dias 27 e 28 de novembro, em Cascavel.

Via: Assessoria Fag/Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.