Cascavel

Pesquisa da Faciap aponta expectativas do comércio para o Natal

Levantamento mostra que consumidores estão mais seguros para sair às compras neste...

23 nov 21 - 15h25 Redação SOT
Pesquisa da Faciap aponta expectativas do comércio para o Natal

 As vendas neste fim do ano no comércio paranaense têm tudo para ser motivo de comemoração entre lojistas e empresários do setor. É o que mostra o resultado da pesquisa divulgada pela Faciap nesta terça-feira, 23 de novembro de 2021. Segundo o levantamento realizado nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Maringá, Cascavel, Londrina e Francisco Beltrão, os comerciantes estão otimistas para o Natal.

A maioria dos entrevistados acredita que as vendas de 2021 serão melhores que as do mesmo período do ano passado, quando o movimento nas lojas físicas reduziu em função das restrições causadas pela pandemia e as vendas online aumentaram. A expectativa agora é de uma inversão no quadro, com um aumento nas lojas físicas e uma queda no comércio online. “Isso se justifica pelo avanço da vacinação, a melhora nos números da pandemia e com os consumidores sentindo-se mais seguros para sair às compras”, afirma o presidente da Faciap, Fernando Moraes.

A pesquisa aponta que, em todo o Estado, a maioria dos entrevistados aposta em um maior número de vendas em relação às do ano passado. A expectativa é de um crescimento de 14% Segundo os comerciantes, as pessoas estão saindo mais e, portanto, o movimento está maior. “As pessoas estão mais animadas em gastar e fazer um natal melhor esse ano”, disse um dos entrevistados.

Comerciantes de Londrina também são os mais animados, já que 85% dos empresários na cidade estão com alta expectativa em relação às vendas. Em segundo lugar, estão os vendedores de Francisco Beltrão, com 78%.

Via: Assessoria ACIC - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.