Paraná

Leo Torres vence a primeira corrida da final da da GT Sprint Race 2021

Curitibano, da classe PRO, deu um passeio na pista e finalizou a prova da manha des...

06 dez 21 - 05h28 Atualizado 06 dez 21 - 11h29 Redação SOT
Leo Torres vence a primeira corrida da final da da GT Sprint Race 2021

Curitiba está em festa. Léo Torres, que faz dupla com Julio Campos na GTSR#04, foi o grande vencedor da primeira corrida da etapa final da  temporada 2021 da GT Sprint Race, que aconteceu na manhã deste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba. Depois de 23 minutos e duas voltas nos 3.695 metros de pista, o piloto curitibano fechou a prova em 24min47s774. Pedro Costa (GTSR#161, PROAM), a 4s664, e Luis Debes (GTSR#37, AM), a 24s012 foram os primeiros e somaram mais 25 pontos na classificação em suas respectivas classes. A grande final, que definem todos os títulos da competição (Overall, Campeonato Brasil e Rookie of the Year) larga às 13h30, com transmissão ao vivo pelo Youtube e pelo BandSports.

Tranquilo com seu posicionamento na tabela de classificação do Campeonato Brasil da GT Sprint Race, Léo Torres optou por não arriscar muito e se divertir. “A corrida foi solta e tranquila. Fui atrás do primeiro colocado, mas não queria brigar com ele para não me distanciar do restante do pessoal. O carro tava muito bom. Foi uma prova para fechar o ano com chave de ouro”, afirma o piloto, que comemorou a vitória com a família, correndo “em casa”.

Para o paulistano Pedro Costa, que faz dupla com Antonio Junqueira no carro #161, a vitória na PROAM veio com um gosto especial. “Foi demais. Decidi arriscar e na largada tinha a opção de vir por dentro, onde estava todo o pelotão, mas decidi ir por fora, que é uma posição que o piloto não gosta muito e deu certo. Busquei meu lugar no pelotão e fui alçando melhores posições. Fechar a temporada com uma corrida como essa diz muito como foi nosso ano”, relata Pedro Costa, que atribuiu seu desempenho à inspiração do seu casamento, que aconteceu na semana passada, e dedicou a vitória à esposa.

Outro curitibano que ficou feliz com o resultado foi o piloto Luis Debes, do carro #37, na classe AM. “Foi muito legal. Achei que eu estava com o ritmo bom na corrida, mas meus concorrentes diretos vieram muito fortes. Fiquei acompanhando eles pelo espelho retrovisor o tempo todo e em alguns momentos eu vi o Caê (Coelho, #11) se aproximar bem, mas deu tudo certo. O mais surpreendente pra mim foi conseguir a pole na classificatória de ontem, com o treino de duas voltas, que fui muito bem”, que com a soma da pontuação da qualificatória e desta primeira corrida final (50 pontos ao todo) ficou numa posição confortável na liderança da sua divisão.

Via: Assessoria GT Sprint Race - Foto: Luciano Santos


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.