Cascavel

Diretores conhecem estruturas de cozinhas industriais da Acic

A associação comercial conta há sete anos com uma das maiores e melhores estruturas...

11 mai 22 - 14h38 Redação SOT
Diretores conhecem estruturas de cozinhas industriais da Acic

Diretores da Acic fizeram hoje, depois de mais uma das tradicionais reuniões das manhãs das quartas-feiras, visita à estrutura das novas cozinhas industriais da entidade. “A finalidade foi mostrar esse novo investimento a eles, que reforça ainda mais as condições de locação de alguns dos importantes espaços da entidade, como o Auditório Cascavel, que tem capacidade para quase 400 pessoas”, informa o presidente Genesio Pegoraro.

A associação comercial conta há sete anos com uma das maiores e melhores estruturas físicas entre as mais de duas mil entidades empresariais do Brasil. Mesmo assim, a Acic segue investindo para melhorar o atendimento aos seus filiados e também às empresas e parceiros que se utilizam de espaços para a realização de eventos com as mais diversas finalidades.

As duas novas cozinhas industriais são equipadas com fogões de alta performance, cubas em inox, geladeiras de grande porte e de todos os eletrodomésticos e acessórios necessários para a elaboração de eventos gastronômicos e recepções. “Com esse investimento, a Acic também facilita e dá mais suporte às empresas de buffet contratadas para servir aos convidados dos eventos aqui realizados”, destaca o gerente César Ióris.

Estruturas - Fundada há 62 anos, a Acic conta com inúmeros espaços para reuniões de trabalho, treinamentos, palestras, workshops, planejamentos e eventos sociais. Entre eles estão dois auditórios com capacidades para 208 e 382 pessoas. Anexos a esses ambientes há espaços para recepções onde são servidos almoços, jantares e coquetéis.

Via: Assessoria ACIC - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3cNjswL



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.