Cascavel

Venda de itens de papelaria cresce com mudança de comportamento do consumidor pós-pandemia

Necessidade de criar um cantinho para trabalhar ou estudar em casa permanentemente...

12 mai 22 - 21h49 Redação SOT
Venda de itens de papelaria cresce com mudança de comportamento do consumidor pós-pandemia

Primeiro, uma adaptação forçada. Depois, uma opção vantajosa. Foi assim a mudança de percepção do brasileiro com relação ao home office. Muita gente torceu o nariz para o trabalho remoto no começo da pandemia, mas depois percebeu que esse formato tem benefícios. Tanto é que muitas empresas decidiram adotá-lo definitivamente, mesmo depois da flexibilização dos cuidados com a pandemia.

Um reflexo dessa mudança corporativa está na venda de produtos de escritório e papelaria, justamente porque esses itens ajudam trabalhadores e estudantes na rotina de tarefas em casa. "Antes a gente vendia cerca de duas unidades da bandeja para notebook por mês. Durante a pandemia, fazíamos pedidos de 15 por mês e todas eram vendidas. O perfil de quem procura é justamente aquela pessoa que passou a trabalhar de casa e precisa adaptar o ambiente", conta Ellen Machado, gerente da loja Imaginarium do Cascavel JL Shopping, se referindo a uma bandeja dobrável para laptop que permite quatro níveis de inclinação, melhorando a postura de quem usa o eletrônico sentado na cama ou no sofá, por exemplo.

A busca por produtos de papelaria também esquentou as vendas na livraria A Página. "As pessoas ficaram mais tempo em casa e acabaram reparando mais na 'baguncinha', então o público quer esses produtos de organização. Tanto que é um material que antes a gente até tinha, mas não com essa diversificação como agora", comenta Mayara Fernandes da Cunha, gerente da livraria que tem muitas opções para deixar o cantinho de estudo ou trabalho bem motivador, com kits decorados de porta-canetas, caixas organizadoras até com cheirinho, post its diferenciados e outros itens divertidos. "Quando a gente se organiza mais, temos mais produtividade, fazemos uma otimização", complementa.

Criatividade na parede e na mesa: um estímulo para a concentração e memória

Se você é daqueles que costuma se distrair facilmente no ambiente de trabalho, algumas ferramentas de papelaria podem ser aliadas. "Já adulta eu fui diagnosticada com TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), e usar cores diferentes, marcadores, adesivos, me ajuda a organizar as coisas nos estudos. Me tornei uma pessoa que ama arte e adora experimentar papéis diferentes para ilustrar, diferentes tamanhos, gramaturas, texturas... E continuo tendo vários estojos para caber toda minha coleção de lápis, canetas, pincéis... Quando eu entro na papelaria é um sonho, eu fico horas entretida olhando os papéis, as agendas, as canetas "diferentonas", descreve a tatuadora Bruna de Lima.

Outros produtos criativos de organização também podem auxiliar no foco e na decoração: na Imaginarium, o consumidor encontra um painel de cortiça com os dias da semana, ideal para pendurar lembretes. Sem falar dos planners, versões aprimoradas das agendas, que por serem mais divertidos e personalizáveis, também motivam mais as anotações. "Às vezes, se você pega um caderninho preto qualquer, não dá ânimo de anotar. Mas com algo divertido, você se motiva mais e alguns dos nossos planners já vem até com dicas de organização", acrescenta Ellen.

Via: Contelle Assessoria de Comunicação - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3cNjswL



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.