Brasil

Sementes misteriosas entregues no Brasil têm fungos, ácaro e possíveis plantas daninhas, diz governo

Ministério diz ter localizado 258 pacotes de sementes não solicitadas, que foram en...

07 out 20 - 13h03 Redação SOT
Sementes misteriosas entregues no Brasil têm fungos, ácaro e possíveis plantas daninhas, diz governo

O Ministério da Agricultura informou nesta terça-feira (6) que foram encontrados fungos, ácaro e até possíveis plantas daninhas nas sementes misteriosas enviadas a moradores do país.

O governo afirma que os pacotes "supostamente" foram enviados de 4 países da Ásia. Moradores de Estados Unidos e Canadá também registraram casos semelhantes. A suspeita do governo brasileiro é que seja uma fraude relacionada ao comércio on-line. 

Desde agosto, moradores de estados brasileiros relataram estar recebendo pacotes de sementes não solicitadas. Esses produtos chegam, normalmente, junto com compras feitas pela internet.

Segundo o Ministério da Agricultura, até o momento, foram recebidos 258 pacotes de sementes não solicitadas. Moradores de 24 estados e o Distrito Federal já tiveram relatos do problema. Apenas Maranhão e Amazonas não tiveram relatos de casos de sementes misteriosas.

Da investigação feita pelo ministério até agora foi identificado que:

Sementes de 25 embalagens mostraram 3 fungos diferentes;

1 pacote apresentou ácaro;

4 embalagens com possibilidade de conter plantas daninhas não presentes no país;

2 pacotes com a presença de bactérias.

Ainda não há a identificação de quais são essas bactérias e fungos, pois os materiais seguem em análise no Laboratório Federal de Defesa Agropecuária, em Goiânia, referência no assunto. O Ministério da Agricultura espera terminar a avaliação das sementes em até 30 dias.

"Quando o risco é desconhecido, o risco é máximo. Por isso que a gente pede para que a população não plante esta semente", diz o diretor do Departamento de Serviços Técnicos do ministério, José Luís Vargas.

"A gente coloca nossa agropecuária em risco, nossas florestas em risco. A gente não sabe o potencial de risco e dano desse material", acrescenta.

Via: Redação/Portal G1 - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.