Cascavel

Pelo menos 66 mil novos casos de câncer de mama poderão ser diagnosticados em 2020

Para oportunizar monitoramento e diagnostico precoce, CEONC reforça importância da...

13 out 20 - 09h54 Atualizado 13 out 20 - 09h54 Redação SOT
Pelo menos 66 mil novos casos de câncer de mama poderão ser diagnosticados em 2020

Segundo dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer), as estimativas de incidência do câncer de mama para o ano de 2020 indicam o surgimento de pelo menos 66 mil novos casos da doença, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Sem causas específicas, o câncer de mama possui alguns fatores de risco, ou seja, situações que podem facilitar o surgimento da doença. Entre eles, estão: obesidade e sobrepeso, sedentarismo, alcoolismo e tabagismo, não ter tido filhos, primeira menstruação antes de 12 anos, parar de menstruar após os 55 anos e histórico familiar de câncer de mama e ovário.

“São fatores diversos, ligados a questões ambientais, hormonais e genéticas ou familiares. Nem todas as pessoas que possuem esse histórico terão a doença, mas é uma preocupação que já deve deixar a paciente em alerta”, ressalta o médico oncologista do CEONC Hospital do Câncer, doutor Reno Paulo Kunz.

Na fase inicial, o câncer de mama pode dar sinais sutis por meio de mudanças geradas nas mamas, como, por exemplo, nódulos fixos e, geralmente, indolores que podem surgir na região dos seios ou axilas; diferença na cor da pele das mamas, deixando a superfície avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no mamilo, que pode, ou não, apresentar saída de secreção e pequenos nódulos na região da axila e pescoço.

Para que haja o diagnóstico precoce, ainda nesta fase inicial da doença, a Sociedade Brasileira de Mastologia indica a realização de mamografias anuais a partir dos 40 anos. Antes disso, no entanto, também é possível se prevenir.

“As mulheres, a partir do momento em que tiveram a primeira menstruação, podem fazer o autoexame, que tem se mostrado como uma importante ferramenta para o diagnóstico precoce da doença. O ideal é que a mulher esteja em uma posição confortável, em frente ao espelho. O primeiro passo é observar as mamas, depois, apalpar as regiões ao redor dos seios e axilas, observando toda e qualquer anormalidade como caroços, protuberâncias ou secreções. Diante de qualquer alteração, é preciso procurar um médico especializado”, recomenda o médico.

Outubro Rosa é todo dia – Prevenção é Ação!

Para conscientizar mulheres e comunidade sobre o câncer de mama e, ao mesmo tempo, respeitar as orientações quanto à prevenção do novo coronavírus, o CEONC Hospital do Câncer realiza, neste ano, a segunda edição da campanha “Outubro Rosa É Todo Dia”, que veio acompanhada do mote “Prevenção é Ação!”. Entre as principais atividades, está a oferta de conteúdos que informam e conscientização a população sobre a doença, além da disponibilização de um site para que as mulheres possam agendar o exame de mamografia de forma segura, online e em casa.

“Neste ano, pensando em evitar as aglomerações, substituímos as mobilizações presenciais pelas ações no universo digital. Por isso, a mulher que tem 40 anos ou mais pode acessar o site https://outubrorosa.ceonc.com.br/ e preencher o formulário solicitado. Depois, a nossa equipe entrará em contato para confirmar o agendamento do exame que será feito sem custo nenhum”, explica o oncologista.

Além disso, o CEONC também prevê a distribuição de adesivos que orientam sobre o autoexame para lojas e empresas e publicações frequentes sobre a temática nas redes sociais. A mobilização contra o câncer de mama, no entanto, não acontece só em outubro, conforme explica o doutor Reno.

“Disponibilizamos mamografia durante o ano todo e, se for identificada alguma alteração durante o exame de rastreamento, o CEONC oferece estrutura completa, que encaminha a paciente para exames complementares como ultrassom e ressonância magnética, biópsia e mapeamento dos marcadores tumorais da lesão. Depois, se for necessário fazer cirurgia, quimioterapia, radioterapia e reconstrução mamária, a paciente também encontra a estrutura necessária dentro do Hospital, facilitando o tratamento e dando mais segurança para a paciente”, destaca o médico.

Para agendar a mamografia pelo SUS, basta entrar em contato com o CEONC pelos telefones (45) 3324-4116, em Cascavel e (46) 3055-6161, em Francisco Beltrão ou acessar o site https://outubrorosa.ceonc.com.br/.


Via: Assessoria Ceonc - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.