Cascavel

Paranhos determina rigor na fiscalização dos decretos da Covid-19

Município alerta que todos podem trabalhar normalmente, desde que cumpram o que est...

24 fev 21 - 18h11 Atualizado 25 fev 21 - 05h32 Redação SOT

A pedido do prefeito Leonaldo Paranhos, o secretário de Saúde Thiago Stefanello convocou uma reunião com comandantes de forças de segurança de Cascavel para alinhar as ações de intensificação da fiscalização para cumprimento dos decretos que estão em vigor, tanto municipal quanto estadual, relacionados ao enfrentamento da Covid-19. O encontro teve a participação de representantes da Polícia Militar, Transitar, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros,  Vigilância Sanitária, além de secretários municipais e responsáveis por setores de fiscalização.

Stefanello destaca que no no início da pandemia o Município fez restrições mais rígidas para estruturar o sistema de saúde com leitos de UTI e de enfermaria. Segundo o secretário, o momento agora é de coibir os excessos e é preciso responsabilidade de todos.

“Precisamos salvar vidas, manter todas as medidas necessárias para o enfrentamento e estamos fazendo isso naquilo que nos compete em termos de saúde, inclusive reorganizando os atendimentos a partir de amanhã, mas também não podemos deixar passar impune  aqueles que estão cometendo excessos”, diz o secretário.

As forças de segurança irão agir com rigor contra pessoas que estiveram descumprindo os decretos do Município e do Estado que estão em vigor.

O secretário lembra que a partir das 21 horas é proibido o consumo de bebidas alcoólicas em ambientes externos e das 23 horas, até às 5h, em espaços coletivos. Da meia-noite às 5h está valendo o toque de recolher.

“Não queremos prejudicar o comércio, as pessoas que trabalham, que dependem do dia a dia para sobreviver. Temos que continuar vivendo, salvando vidas, mas punindo, sem tolerância, os excessos e isso vai começar a  partir de hoje no Município de Cascavel”, diz Stefanello.

O descumprimento às normas vigentes levará o estabelecimento a ser lacrado por sete dias e, em caso de reincidência, a cassação do alvará.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.