Cascavel

Mestrado em Direito da Univel aborda tema contemporâneo em aula inaugural

O primeiro Mestrado em Direito da região trouxe a temática “Pesquisa Jurídica e Int...

16 mar 21 - 15h12 Redação SOT
Mestrado em Direito da Univel aborda tema contemporâneo em aula inaugural

Com o tema "Conversando sobre Pesquisa Jurídica e Interdisciplinaridade", foi realizada a aula inaugural do Mestrado em Direito do Centro Universitário de Cascavel - Univel, ministrada de forma online pela Dra. Flaviane Barros, Coordenadora Adjunta da área do Direito CAPES, professora do PPGD PUC/Minas e UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto. Para o Coordenador do Mestrado em Direito - PPGD Univel, Dr. Alexandre Barbosa da Silva, a aula inaugural foi um marco importante no ensino e na educação jurídica de Cascavel e de toda a região Oeste e Sudoeste do Paraná. “Nosso curso é o primeiro da região.

A temática da aula focada em pesquisa e interdisciplinaridade, foi pensada com muito cuidado para que nós pudéssemos em um primeiro momento já conceder aos alunos a possibilidade de entender a importância de um mestrado tanto na vida acadêmica quanto na vida profissional. A pesquisa científica no direito é o que pode nos trazer novos caminhos e tentativas de solucionar problemas que estão na sociedade. A interdisciplinaridade que significa o pensamento em várias vertentes e não apenas no direito, mas em muitos caminhos auxiliares como a tecnologia, a economia, a filosofia e todas essas áreas juntas, ajudam a formar a ideia de um direito com a máxima abrangência social possível. O propósito da primeira aula foi trazer para os alunos essa compreensão da importância da pesquisa e da necessidade de que essa pesquisa seja interdisciplinar”, destaca o Dr. Alexandre Barbosa da Silva.  

O Mestrado em Direito do Centro Universitário Univel é coordenado pelo Dr. Alexandre Barbosa da Silva e pelo Dr. Alfredo Copetti Neto e tem como objetivo oferecer uma formação sólida, seja pelo viés teórico, técnico e prático, focada substancialmente no desenvolvimento das capacidades humanas ligadas à pesquisa jurídica e ao processo de tomada de decisões em contextos sócio-institucionais complexos. “A escolha pelo mestrado da Univel se deu em razão do projeto promissor desenvolvido pela instituição. As linhas de pesquisa em compliance e inovações tecnológicas são de grande relevância para os estudos científicos, bem como estão cada vez mais presentes na realidade prática dos profissionais da área jurídica. O corpo docente é da mais alta qualidade, com profissionais de formação sólida, notável conhecimento e com profunda atuação prática naquilo que lecionam. Esse conjunto demonstrou que o programa de mestrado da Univel, aliado à dedicação de todos os envolvidos, será de grande proveito e trará uma imensa contribuição para toda a comunidade jurídica. A aula inaugural gera uma grande expectativa, não só porque marcará o início dessa importante caminhada, mas sobretudo pelo início efetivo dos trabalhos, os quais renderão ótimos resultados”, evidencia o advogado e aluno do Mestrado em Direito da Univel, Adauto Couto. 

Para o advogado e aluno do Mestrado em Direito da Univel, Lucas Velasco, o mestrado vem a contribuir de forma significativa. “O mestrado é uma oportunidade de aperfeiçoamento profissional e crescimento pessoal, pois possibilita a investigação científica de um tema, sendo que o resultado desta pesquisa contribui com a comunidade acadêmica. Além de que, para a nossa região é uma oportunidade de maior capacitação aos profissionais do Direito e com áreas de concentração extremamente relevantes que podem proporcionar através do resultado das pesquisas mudanças efetivas em nossa sociedade”, ressalta Lucas Velasco. 

Qualquer dúvida ou contato para entrevista estamos disponíveis. 

Via: Assessoria Univel - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.