Paraná

Homem é linchado por moradores após tentar estuprar criança de 4 anos

ela relatou que sua filha disse que estava brincando na rua, quando foi abordada pe...

18 mar 21 - 10h48 Atualizado 18 mar 21 - 11h09 Redação SOT
Homem é linchado por moradores após tentar estuprar criança de 4 anos

Um homem foi linchado por moradores em Luiziana, após tentar estuprar uma menina de apenas 4 anos. O crime aconteceu no fim da tarde de terça-feira (16) e revoltou populares.

Era por volta das 17h50 quando a Polícia Militar (PM) recebeu diversas ligações no plantão da viatura relatando que um indivíduo teria levado a criança no meio de uma mata para tentar estuprá-la. Porém o ato foi flagrado por populares, que acabaram linchando o acusado em via pública. Quando os policiais chegaram ao local, encontraram “Ratinho” caído no meio da rua, com diversas escoriações pelo corpo.

Em conversa com a mãe da criança, ela relatou que sua filha disse que estava brincando na rua, quando foi abordada pelo acusado que a convidou a descer com ele no matagal, abaixo da sua residência, próximo a rua Mari Fernandes de Morais, na Vila Esperança. Ele disse à menina que iria lhe dar Coca-Cola. Na inocência a criança acompanhou o acusado. Mas quando chegou ao local, com uma faca, ameaçou a menina e obrigou ela a tirar o vestido e deitar.

Os dois foram vistos por vizinhos, que avisaram a mãe da garotinha. Quando ela chegou ao local, retirou a filha, que já estava embaixo do mesmo. Após ser flagrado pela mãe da vítima, o acusado tentou fugir, mas foi contido por populares, que passaram a espancá-lo.

O homem foi preso pela PM, levado à Unidade Básica de Saúde para cuidar dos ferimentos e em seguida encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Campo Mourão, onde foi autuado por estupro de vulnerável.

Uma psicóloga da prefeitura e o Conselho Tutelar acompanharam a situação. O caso foi repassado também ao Ministério Público.

Via: Tribuna do Interior - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.