Cascavel

Paranhos encaminha à Câmara projeto que inclui professores no calendário de vacina contra a Covid-19

Projeto foi protocolado na tarde de hoje pela secretária de Educação Marcia Baldini...

23 abr 21 - 17h55 Redação SOT
Paranhos encaminha à Câmara projeto que inclui professores no calendário de vacina contra a Covid-19

O prefeito Leonaldo Paranhos encaminhou à Câmara de Vereadores um projeto de lei que inclui, na segunda etapa do Plano de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19, professores e outros profissionais que atuam na Educação Básica e Ensino Superior em instituições públicas e privadas de Cascavel.

Pela manhã, durante a inauguração do Cmei Nair Pandolfo Zaffari, no Bairro 14 de Novembro, o prefeito anunciou que o projeto seria protocolado.

“A metodologia que nós vamos fazer vai incluir os professores e vacinar por escola. Se abrirmos a vacinação vamos vacinar uma pessoa daqui [Bairro 14 de Novembro], outra do Interlagos, outra do Santa Cruz e não teremos a condição de voltar às aulas. Então, vamos incluir a cada vacinação uma escola e vacinar todos os profissionais de educação daquela escola. Vacinamos 90 professores e retornam 600 alunos para as salas de aula”, afirmou Paranhos.

O projeto foi protocolado pela secretária de Educação Marcia Baldini e o secretário de Saúde, Mirolsau Bailak. O prefeito solicitou que o projeto seja apreciado em caráter de urgência. “É um importante marco para o Município de Cascavel. Mais uma vez nosso prefeito Paranhos sai na frente ao demonstrar a preocupação com a educação e com a saúde dos profissionais e das crianças. Com a vacinação vamos ter a possibilidade de, o quanto antes, estarmos retornando às aulas de forma presencial nas escolas”, avalia Marcia.

Miroslau Bailak, secretário de Saúde, disse que a proposta do prefeito Paranhos mostra a preocupação com as pessoas que são responsáveis pelo futuro de Cascavel, do Paraná e do Brasil. Segundo ele, o fato de os alunos não poder ir à escola tem prejudicado o cognitivo das crianças de forma séria e grave.

“A vacinação dos professores já deveria ter sido uma iniciativa do próprio Ministério da Saúde, do governo federal, governo estadual, mas veio iniciar aqui, com prefeito Municipal que sensibilizado com essa questão aceitou em pedir essa possibilidade à Câmara de Vereadores e, quiçá, a gente possa vacinar, muito em breve, todos os professores da rede municipal”, afirmou Bailak.

O vereador professor Santello, presidente da Comissão de Educação no Legislativo, destaca que é preciso votar o projeto o mais rápido possível. “A gente vê a ansiedade das nossas crianças para voltarem às salas de aula e os nossos professores também poderão voltar com mais segurança após a vacinação”, observou.

O presidente interino da Câmara, Romulo Quintino, classificou o projeto como inteligente e estratégico. “Inteligente porque acaba proporcionando uma priorização para os trabalhadores que lideram sobre muitos, que são os profissionais da educação. Protocolado hoje nós colocamos na leitura na [Sessão de] segunda-feira e vamos pedir à Comissão de Justiça e Redação e à Comissão de Saúde para expedirem os pareceres já na semana que vem para o projeto ter condições de ir à votação logo no começo do mês de maio”, explicou.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.