Paraná

Deputado apela para Governo não ceder rodovias estaduais a pedageiras

O parlamentar elogiou a mudança de postura no discurso do Estado em relação ao crit...

27 abr 21 - 02h19 Redação SOT
Deputado apela para Governo não ceder rodovias estaduais a pedageiras

O deputado estadual Soldado Fruet (PROS) fez um apelo, na sessão plenária desta segunda-feira (26) da Assembleia Legislativa do Paraná, para que o Governo do Paraná reavalie a decisão de entregar rodovias estaduais à iniciativa privada. O parlamentar elogiou a mudança de postura no discurso do Estado em relação ao critério para a licitação conduzida pelo Governo Federal, mas também questionou se o Paraná manterá a decisão de pedagiar novos trechos de PRs, já que vem realizando investimentos expressivos em estradas que deverão integrar o pacote das novas concessões.

“É com alegria que assisto ao Governo, finalmente, estar ouvindo esta Casa e, principalmente, o povo paranaense”, destacou Soldado Fruet, referindo-se à posição adotada recentemente pelo Estado “que agora se diz contrário às concessões de rodovias pela forma de outorga e passando, após muita pressão e após muito tempo, a defender o modelo de menor preço”. Na avaliação dele, isso se deve ao trabalho da Frente Parlamentar sobre o Pedágio, “pois as audiências públicas realizadas por ela aumentaram a pressão e trouxeram o clamor popular às portas do Palácio Iguaçu”.

Por outro lado, o líder do PROS perguntou se o Estado pretende mesmo repassar rodovias estaduais para o pacote das novas concessões. “Porque do jeito que está sendo feito, com todo respeito, mas utilizando o mesmo termo utilizado pelo senhor governador, os paranaenses estão, sim, sendo estuprados pelas concessionárias de pedágio, mas o Governo não”, declarou, ressaltando que "o Governo faz amor com elas, afinal está gastando centenas de milhões de reais em obras para deixar as rodovias prontas para concessão, entregando-as em perfeitas condições e prontas para que as empresas já comecem a atuar tendo lucro”.

“Que sentido faz isso? O que justifica que se gaste mais de meio bilhão de reais em obras nas rodovias que serão entregues nos próximos meses à iniciativa privada?”, indagou o deputado. Como exemplo, citou que o Governo do Paraná anunciou na última semana um investimento de R$ 38 milhões na duplicação de um trecho da PR-323. “Ora, estamos pegando empréstimos do BID para fazer obras em rodovias que serão entregues para concessionárias? O povo pagará duas vezes: pagará o empréstimo, sim, porque os empréstimos são pagos com dinheiro dos nossos impostos, e ainda pagará, durante 30 anos, o pedágio”. Para o deputado, a possível criação de 15 novas praças de pedágio “trará prejuízos à população, atraso ao desenvolvimento e alta nos custos de produtos, principalmente os agrícolas, já que o Paraná é o maior produtor”.

Via: Assembleia Legislativa do Paraná - Foto: Divulgação


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.