Cascavel

Tiago Almeida coordena debate sobre autismo como atividade do Abril Azul

Promovido e coordenado pelo vereador Tiago Almeida (DEM), o evento fez parte das at...

28 abr 21 - 23h43 Redação SOT
Tiago Almeida coordena debate sobre autismo como atividade do Abril Azul

Uma reunião no Plenário da Câmara Municipal, na tarde desta quarta-feira (28), juntou autoridades, entidades sociais e pais de autistas de Cascavel. Promovido e coordenado pelo vereador Tiago Almeida (DEM), o evento fez parte das atividades do Mês de Conscientização da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA), chamado também de Abril Azul.

“A data de conscientização sobre o autismo é o dia 2 de abril, mas mundialmente vem sendo adotado o mês de abril todo por iniciativa da ONU, que entende que, dada a importância da causa e o número de autistas que só aumenta, faz-se necessário estender o trabalho pelo mês todo”, explicou Tiago Almeida. Segundo ele, há cerca de 70 milhões de autistas em todo o mundo.

Conforme o vereador, a proposta do Abril Azul é promover ações em prol da conscientização, que podem ser reuniões, audiências, palestras, interações nas redes sociais. “Daí veio a ideia de convocarmos essa reunião”, explicou Tiago. Para o evento foram convidadas autoridades em saúde pública, inclusão e educação de Cascavel, com o objetivo de debater temas diversos de interesse das pessoas que convivem com autistas. O vereador explicou também que a cor azul e o desenho de um quebra-cabeças são os símbolos mundiais do autismo.

Além dos pais e dirigentes de entidades como a Associação de Mães de Autistas de Cascavel (Amac), do Centro de Convivência dos Direitos dos Autistas (Caut) e outras organizações, o vereador Tiago Almeida também ressaltou e agradeceu a presença da diretora da 10ª Regional de Saúde, Lilimar Mori, e da vereadora Beth Leal (Republicanos) e dos vereadores Josias de Souza (MDB), Cidão da Telepar (PSB), Soldado Jeferson (PV) e Melo (Progressistas). Também compareceram assessores dos vereadores Policial Madril (PSC), Celso Dal Molin (PL) e Pedro Sampaio (PSC).

O primeiro palestrante foi o advogado Denner Pereira da Silva, mestrando e pesquisador dos direitos da pessoa com deficiência, que falou sobre “O reconhecimento da pessoa autista como sujeito de direitos”. Em seguida, a médica psiquiatra Júlia Farage Saito fez uma exposição com o título “Autismo: o que o município de cascavel pode fazer a respeito”. Representando os familiares de autistas, falou Samantha Sitnik, presidente da AMAC e mãe de autista.

Via: Assessoria de Imprensa/CMC- Foto: Flavio Ulsenheimer


Whatsapp Portal Sot - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: bit.ly/3twq87I 



Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.