Paraná

Crea-PR fiscaliza obras da ponte de integração Brasil-Paraguai

Obra está com mais de 70% do projeto concluído...

16 dez 21 - 18h02 Luiz Felipe Max
Crea-PR fiscaliza obras da ponte de integração Brasil-Paraguai

Representantes do Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná) estiveram na última semana para realizar fiscalização e visita técnica na obra da Ponte de Integração Brasil-Paraguai. A obra, iniciada em agosto de 2019, já está com mais de 70% do projeto concluído. 

“É de praxe que a autarquia realize esse tipo de fiscalização periodicamente e, agora, quase na etapa final, o objetivo era averiguar a parte documental das empresas, dos profissionais envolvidos, de projetos, das (ART) Anotações de Responsabilidade Técnica dos serviços e das condições de trabalho”, explica o gerente da regional Cascavel do Crea-PR, Geraldo Canci. 

Nesse sentido, toda a estrutura foi fiscalizada. Segundo o relatório, em todas as etapas foram realizados ensaios e testes para maior segurança antes, durante e depois da obra. O andamento do projeto está conforme o esperado, não há atrasos e não houve acidentes com graves desde o início das obras.

"É um demonstrativo de que mesmo em grandes obras, se forem tomados os cuidados com a segurança, os acidentes podem ser evitados ou amenizadas as gravidades", complementa Geraldo. 

Além disso, outro detalhe importante é que grande parte das atividades já foram concluídas, tais como a armazenagem de produtos químicos; desmonte de rocha; avaliação e vistoria; concretagem; levantamento planaltimétrico; dentre outros detalhes. 

“Obras de grande magnitude como essas chamam muito a atenção, pois envolve a expertise de diversos profissionais. Nessa, por exemplo, tivemos o trabalho de engenheiros eletricistas, civil, mecânicos, além de outros profissionais especializados em questões específicas como concretagem e estaiamento. É uma obra complexa que demanda muita responsabilidade e durante a fiscalização, conseguimos verificar isso de perto”, finaliza Canci. 

No total, já foram investidos mais de R$162 milhões na obra, que é resultado de uma parceria entre Governo do Paraná, Itaipu Binacional e Governo Federal, sendo que a administração da execução é de responsabilidade do DER/PR. Quando concluída, a ponte terá 760 metros de comprimento e vão-livre de 470 metros. Serão duas pistas simples com acostamento e calçada. Com o projeto, espera-se que veículos pesados vindos da Argentina e Paraguai deixem de transitar pelo centro de Foz do Iguaçu, além de descongestionar a Ponte Internacional da Amizade que, atualmente, é a principal ligação entre Brasil e Paraguai.

Via: Assessoria Crea-PR - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.