Cascavel

Sinepe/PR relança projeto de reciclagem de Isopor

Ações de conscientização e educação ambiental são realizadas em escolas associadas...

29 mar 23 - 12h13 Redação SOT
Sinepe/PR relança projeto de reciclagem de Isopor

O Sinepe/PR relança projeto voltado à educação ambiental junto às escolas particulares do estado. Depois de dois anos de interrupção, o sindicato, em parceria com a Meiwa Embalagens – por meio do movimento Vira Mais –, relança o projeto Planeta Reciclável, agora intitulado Planeta Amigo. 

O objetivo da iniciativa é envolver mais de 3 mil estudantes do 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental em práticas sustentáveis, abordando a categoria dos plásticos, principalmente do EPS, cujo nome comercial é Isopor®. 

“Esse é um projeto importante, que desenvolvemos desde 2009 e atua diretamente na educação ambiental, na formação de uma geração mais consciente das responsabilidades que temos para com o meio ambiente”, explica o presidente do Sinepe/PR, professor Sergio Herrero. 

Coordenador nacional do movimento Vira Mais, o professor Ivam Michaltchuk conta que o projeto deu seu primeiro passo com uma reunião de apresentação para representantes de escolas em Curitiba, Ponta Grossa, Cascavel e Foz do Iguaçu. Ele acrescenta que o projeto seguirá com a realização de palestras aos alunos sobre o tema e que os estudantes serão convidados a participar de um concurso social. 

“Trabalhamos duas vertentes: ambiental com a destinação correta desse material, que fatalmente iria para lixões, aterros sanitários e ao meio ambiente, e social, pois geramos renda para trabalhadores de cooperativas de reciclagem”, explica. 

Cada escola participante atuará como um ponto de arrecadação de EPS, material que será destinado a cooperativas de reciclagem selecionadas e que foram equipadas com maquinário capaz de reduzir o volume do EPS em 95%, o que facilita o transporte e logística do material. Essas cooperativas vendem o plástico para uma empresa parceira que o utilizará na produção de rodapés, vistas de portas e outros produtos. 

Os trabalhos produzidos pelos alunos para o concurso serão apresentados em uma feira na escola e todos os participantes receberão medalhas. Michaltchuk comenta que cada uma dessas escolas escolherá os dois melhores trabalhos e estes participarão de uma cerimônia de premiação. 

“Assim, cria-se a cultura e a mudança de hábito. Preparamos a próxima geração para cuidar do planeta”, afirma.

Via: Assessoria Sinepe/PR - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.