Cascavel

Trincheira do Cascavel Velho pode sair em 120 dias: Ligação entre bairros e mais segurança na BR-277

O projeto foi amplamente estudado no Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

17 jun 24 - 19h46 Atualizado 17 jun 24 - 20h12 Redação SOT
Trincheira do Cascavel Velho pode sair em 120 dias: Ligação entre bairros e mais segurança na BR-277

Durante a inauguração do viaduto na Rua Alexandre de Gusmão, na manhã desta segunda-feira (17), o prefeito Leonaldo Paranhos anunciou um importante projeto de infraestrutura para Cascavel Velho. A nova trincheira ligará as Ruas Munique e Waldemar Casagrande, demandando a elevação da BR-277 para sua execução. Esta obra, financiada a fundo perdido pelo Governo do Estado, está orçada em aproximadamente R$ 20 milhões.

O prefeito destacou a importância da trincheira, um desejo antigo dos moradores de Cascavel Velho, que enfrentam desafios diários ao cruzar a BR-277. “Conseguimos desenrolar esta demanda. Temos o projeto pronto, o que facilitou a conversa com o governador Ratinho Júnior, na última sexta-feira (15). Relatei a ele os problemas que temos, inclusive com o Trevo da Portal, que de Guarapuava a Foz é o ponto mais perigoso da rodovia. Amanhã (19) estarei em Curitiba na Secretaria de Infraestrutura para assinar o convênio e dar início à licitação,” afirmou Paranhos.

Ele também mencionou que a obra é justificável e necessária devido ao grande fluxo de pessoas que moram na região e precisam cruzar a BR diariamente para suas atividades. O projeto foi amplamente estudado no Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

A previsão é que a obra comece imediatamente após a escolha da empresa executora, via licitação, que deve ocorrer em cerca de 60 dias. Após isso, a construção deve ser iniciada dentro de um prazo de 90 a 120 dias.

O governador Ratinho Júnior, que visitou Cascavel recentemente para a inauguração do Hotel Sesc, afirmou: “Já determinei ao secretário Sandro Alex, da infraestrutura, que façamos o convênio e resolvamos este problema para a cidade.”

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Reprodução


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.