Paraná

Cliente da Copel não terá aumento na tarifa de energia

Aneel definiu 0% de reajuste médio em reunião nesta terça-feira, 18 de junho...

20 jun 24 - 10h30 Redação SOT
Cliente da Copel não terá aumento na tarifa de energia

 Os clientes da Copel não terão aumento na tarifa de energia. O reajuste médio anual foi de 0%, conforme definiu a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em reunião realizada nesta terça-feira, 18 de junho.

Nos subgrupos de consumidores, a Aneel determinou uma redução de 0,03% nos próximos doze meses para os clientes residenciais, profissionais liberais e pequenas empresas atendidos pela Copel em todo o Paraná. Já para as grandes empresas (clientes atendidos em alta tensão), haverá reajuste de 0,05%.

A Aneel é o órgão regulador federal que calcula a tarifa de energia elétrica de cada área de concessão e comunica às distribuidoras de energia, que aplicam o ajuste uma vez ao ano.

A variação no preço da energia para os paranaenses fica, portanto, abaixo da inflação. Nos últimos 12 meses, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede o aumento dos preços no país, subiu 3,93%.

O cálculo da tarifa é realizado com base em diferentes fatores que incluem o custo da energia, uso do sistema e encargos setoriais, dentre outros componentes. Para chegar ao valor deste ano, foram abatidos da tarifa créditos do PIS/Cofins gerados por uma ação judicial vencida pela Copel em 2020.

Conforme decisão do Superior Tribunal Federal (STF) na época, as distribuidoras de energia elétrica de todo o Brasil deixaram de recolher PIS e Cofins sobre o ICMS que incidia na tarifa, beneficiando, assim, todas as classes de consumidores. A decisão judicial gerou um crédito, que é utilizado pela Copel em favor dos clientes.

Outro fator que contribuiu para uma tarifa menor para os clientes foi a redução das parcelas de pagamento dos empréstimos da conta Covid e conta escassez hídrica, que são contabilizados no cálculo da tarifa. Os valores se referem a um empréstimo utilizado para evitar aumentos significativos na conta de luz nos momentos em que a pandemia e a seca impactaram a vida das pessoas em 2020 e 2021.

A redução para os consumidores residenciais foi possível mesmo diante do aumento nos custos com o transporte da eletricidade, compra de energia e aumento da inflação. Os custos com o transporte e compra de energia são integralmente repassados às transmissoras e geradoras. 

Investimentos - Em 2024, a Copel está aplicando o maior montante de sua história na ampliação e modernização da rede elétrica no Paraná. Os investimentos somam R$ 2,1 bilhões e incluem a construção de 20 novas subestações, ampliação de outras 80, além de aportes nos principais programas da companhia, como o Paraná Trifásico e o Rede Elétrica Inteligente.

Via: Assessoria Copel - Foto: Luiz Felipe Max


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.