Cascavel

Após mais de uma década HUOP, volta a realizar cirurgias cardiovasculares

Primeiro paciente, após hiato de quase 12 anos, foi operado nesta sexta-feira no Ho...

21 jun 24 - 18h29 Redação SOT
Após mais de uma década HUOP, volta a realizar cirurgias cardiovasculares

A sexta-feira, 21 de junho de 2024, ficará marcada como data de um recomeço no Hospital Universitário do Oeste do Paraná muito importante e de grande necessidade para a saúde pública regional.  

Um paciente foi submetido a uma cirurgia cardiovascular, com abertura de tórax.  Esse tipo de cirurgia invasiva não acontecia no HUOP há mais de uma década e desde que Cascavel ficou sem o Hospital do Coração, pacientes e famílias precisavam ser deslocados até Arapongas, região norte do Paraná. Cirurgias cardíacas, como revascularização e troca de válvula aórtica requerem de uma grande mobilização para que aconteça com segurança e eficácia. Para a retomada, o Hospital Universitário do Oeste do Paraná precisou se organizar por pelo menos um ano, até que chegasse o dia de hoje "É uma preparação minuciosa, que vai de equipamentos e equipe especializada, até a disponibilidade de vagas e UTI", explica do diretor-geral do HUOP, Rafael Muniz de Oliveira.

Nos últimos anos, o Hospital Universitário seguia realizando procedimentos não invasivos como cateterismo e revascularização "O que retomamos hoje vai fazer a diferença na vidade de muitas pessoas, principalmente pelo desgaste que era ter que esperar a transferência para longe de casa, para a realização da cirurgia", conta Rafael.

Futuro - O paciente operado nesta sexta-feira (21) está estável na UTI. A partir de agora o Hospital Universitário retoma esse tipo de cirurgia de forma gradativa, a previsão é que aconteçam pelo menos duas por semana e que nos próximos meses esse número sejam quatro cirurgias semanais. 

É importante lembrar que o Hospital Universitário do Oeste do Paraná é público e com atendimento totalmente via Sistema Único de Saúde (SUS) e os pacientes são encaminhados pela Secretaria Estadual de Saúde.

"Temos realizado grandes esforços para acolher pacientes que necessitam passar por cirurgias cardíacas. Esse é um marco importante, onde o Huop retorna a ser um ponto de referência para estes pacientes, garantindo também mais praticidade e conforto, evitando grandes deslocamentos", avaliou o secretário de Estado da Saúde, César Neves.

Via: Assessoria Hospital Universitário - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.