Cascavel

Projeto inédito da Credicoopavel leva educação financeira a mulheres

As novas ferramentas de comunicação facilitam acesso aos mais diferentes conteúdos....

25 jun 24 - 16h28 Redação SOT
Projeto inédito da Credicoopavel leva educação financeira a mulheres

A pós-modernidade abriu um enorme leque de possibilidades a quem procura por novas informações e conhecimentos. As novas ferramentas de comunicação facilitam acesso aos mais diferentes conteúdos, mas as salas virtuais ainda não superam a experiência de estar em um ambiente físico e de sentir a atmosfera que toma conta do compartilhamento de saberes em tempo real.

É isso o que vivenciam a Credicoopavel e o Cooperelas a partir de um projeto criado no ano passado. O convite da filial de Espigão Alto do Iguaçu, que receberia em abril de 2023 o encontro de mulheres cooperadas, abriu um desafio e uma nova oportunidade para a Cooperativa de Crédito Rural da Coopavel falar sobre educação financeira e, ao mesmo tempo, levar informações sobre serviços e produtos por ela disponibilizados.

“Não tínhamos nada parecido com isso, que ensinasse mulheres sobre os mais diferentes assuntos do mundo financeiro. Assim, surgiu a ideia de elaborar um projeto que pudesse suprir essa carência”, informa a gerente de Relacionamento para as filiais de Ibema, Catanduvas, Campo Bonito e Guaraniaçu, Alana Andrade, que há nove anos atua na Credicoopavel. Além de um roteiro guia para as palestras agendadas, optou-se pela gravação de um vídeo de apoio, que ganhou reforço da gerente de Relacionamento da filial de Cascavel, Erica Krupiniski.

Simplicidade - O vídeo segue a mesma linha que consagra os encontros presenciais. “Acertamos ao empregar linguagem simples e com abordagem pouco técnica, porque isso facilita a compreensão da mensagem”, pontua Alana, que é formada em Gestão Comercial e pós-graduada em Gestão de Cooperativas de Crédito. Durante o encontro com as cooperadas, que ela prefere chamar de bate-papo, são trabalhadas organização de pagamentos, financiamentos, orçamento familiar, custos fixos e variáveis, diferença entre poupança e aplicação e importância de separar a gestão da casa e da propriedade.

Alana lembra que as cooperadas deixaram de ser coadjuvantes e ocupam funções de responsabilidade e prestígio no campo. “Muitas fazem a gestão e decidem até sobre investimentos. Por isso, quanto mais elas souberem, melhor”. Com média de 18 participantes por encontro, a palestra Técnicas de Organização Financeira para Mulheres já passou pelas unidades de Espigão Alto do Iguaçu, Ibema, Guaraniaçu e Quedas do Iguaçu. Nas próximas semanas, o conteúdo será levado a cooperadas e filhas de associadas dos municípios de Iguatu, Pato Branco, Vitorino, Bom Sucesso, Cascavel (Sede Alvorada e Rio da Paz), Santa Tereza do Oeste e Catanduvas.

Via: Assessoria Coopavel - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.