Paraná

Carro é incendiado em crime premeditado na Vila C, em Foz do Iguaçu

Dois suspeitos filmados ateando fogo em veículo estacionado...

01 jul 24 - 21h01 Atualizado 01 jul 24 - 22h40 Redação SOT

Na última sexta-feira (28), um crime premeditado chocou os moradores da Vila C, em Foz do Iguaçu. Imagens de câmeras de segurança flagraram dois homens incendiando um carro estacionado em frente à casa da vítima. A ação, que durou poucos minutos, foi registrada com clareza pelas câmeras, o que auxilia na investigação da Polícia Civil.

As imagens mostram os dois indivíduos se aproximando do veículo. Um deles quebra o vidro do carro com um martelo, enquanto o outro rapidamente lança um líquido inflamável dentro do veículo. Logo em seguida, ocorre uma explosão, e ambos fogem correndo do local.

Devido à explosão, o fogo se espalha rapidamente pelo veículo. Um dos suspeitos, inclusive, chega a ser atingido pelas chamas nas roupas. Ele cai no chão na tentativa de apagar o fogo, mas logo se levanta e segue correndo junto com o comparsa.

A dona do carro, que estava em casa com a filha de 12 anos no momento do crime, relata o terror que viveu. "Eu escutei um estouro, parecia um tiro. Aí eu me assustei e fui no quarto da minha filha. Quando chego no quarto dela, eu vejo o meu carro com um clarão. A primeira reação foi pegar a minha filha e colocar pros fundos da casa", disse a mulher, ainda abalada com a situação.

A Polícia Civil, após ser acionada, chegou ao local e isolou a área. Durante a perícia, o martelo e um isqueiro utilizados pelos criminosos foram encontrados no local. A delegada Iane Dantas, responsável pelo caso, afirma que as imagens das câmeras de segurança serão essenciais para a identificação dos suspeitos.

"Podemos identificar que eles se aproximam, ateiam fogo com algum líquido inflamável e acredito que, por conta da falta de destreza, deixam cair parte do líquido nas roupas. A hipótese que trabalhamos é que um deles tenha se machucado pelas queimaduras", informou a delegada.

O crime, que aconteceu em uma rua movimentada, gerou grande comoção na comunidade. A ação premeditada e audaciosa dos suspeitos preocupa os moradores, que cobram das autoridades medidas para garantir a segurança da região.

A Polícia Civil pede que qualquer informação que possa levar à identificação dos suspeitos seja repassada. Denúncias podem ser feitas de forma anônima pelo telefone 190 ou nas delegacias da cidade.

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.