Paraná

R$ 5,5 Bilhões: Polícia Federal desmantela rede criminosa em sete estados na Operação Terra Fértil

As investigações, que se iniciaram há dois anos, apontaram para um esquema complexo...

02 jul 24 - 14h29 Redação SOT
R$ 5,5 Bilhões: Polícia Federal desmantela rede criminosa em sete estados na Operação Terra Fértil

Uberlândia, MG - A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (2/7) a Operação Terra Fértil, visando desmantelar uma organização criminosa que atuava no tráfico internacional de drogas e lavava dinheiro em larga escala. A ação, que contou com a participação de cerca de 280 policiais federais, foi realizada simultaneamente em sete estados: Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia e Goiás.

As investigações, que se iniciaram há dois anos, apontaram para um esquema complexo de lavagem de dinheiro que movimentou mais de R$ 5,5 bilhões em um período de pouco mais de cinco anos. O grupo criminoso, liderado por um narcotraficante internacional, utilizava diversas empresas de fachada para ocultar a origem ilícita dos recursos obtidos com o tráfico de drogas.

Para lavar o dinheiro, os criminosos criavam empresas de fachada sem funcionários registrados no sistema CAGED. Através dessas empresas, adquiriam bens de luxo, como imóveis e veículos, em nome de terceiros. Além disso, movimentavam grandes quantias de dinheiro que não condiziam com o capital social das empresas.

A investigação também revelou que algumas das empresas jurídicas do grupo realizavam transações com empresas do ramo de criptomoedas e de atividades não relacionadas ao seu ramo de negócio. Essa prática, segundo a PF, era utilizada para mascarar a origem ilícita dos recursos.

Na Operação Terra Fértil, foram cumpridos nove mandados de prisão preventiva e 80 mandados de busca e apreensão. Diversos bens de luxo, como imóveis, veículos e embarcações, foram apreendidos, além de dinheiro em espécie e documentação relevante para a investigação.

A Operação Terra Fértil teve como objetivo principal descapitalizar o grupo criminoso e desarticular sua estrutura. As medidas cautelares deferidas pela Justiça, como sequestro de bens e bloqueio de contas, visam garantir o ressarcimento ao erário público dos valores desviados.

A ação da Polícia Federal representa um duro golpe contra o crime organizado no Brasil e demonstra o compromisso da instituição no combate à lavagem de dinheiro e ao tráfico de drogas.

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.