Paraná

Movimento une comunidades por interferências em rodovias no oeste do Paraná

A finalidade é conseguir recursos e, no menor prazo de tempo possível, melhorar a c...

05 jul 24 - 20h32 Redação SOT
Movimento une comunidades por interferências em rodovias no oeste do Paraná

A mobilização da comunidade de municípios do entorno de Marechal Cândido Rondon cria condições favoráveis para melhorias há muito reivindicadas em rodovias importantes do Oeste do Paraná. O presidente da Acimacar e diretor de Desenvolvimento Territorial da Caciopar, Paulo Grenzel, falou do movimento em recente reunião da Caciopar no Centro Cultural de Pato Bragado.

Inicialmente, a preocupação dos moradores, por meio de suas entidades empresariais e autoridades, foi levada a representantes políticos da comunidade. Com isso, criou-se um grupo de trabalho para pensar e executar todas as etapas seguintes, de forma absolutamente democrática e transparente, conforme Paulo. A Acimacar foi escolhida para conduzir os procedimentos burocráticos.

Com a mobilização, algumas fases foram vencidas, como de estudos técnicos, escolha dos trechos que receberão interferências e elaboração de anteprojeto. Uma das etapas mais determinantes foi estabelecer compromisso com o DER para o bom trâmite do projeto.

A finalidade é conseguir recursos e, no menor prazo de tempo possível, melhorar a capacidade de fluxo, com implantação de terceiras faixas, nas PRs 467, 495 e 497. São considerados cerca de 150 quilômetros de rodovias e a intenção é contar com terceiras faixas em pelo menos 50. Outro foco central do trabalho é eliminar trechos considerados perigosos onde, atualmente, ocorrem acidentes graves. Depois de iniciados os trabalhos, a previsão de conclusão é de seis meses.

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.