Cascavel

Caso Daiane de Jesus: Policial Penal também é denunciado por porte irregular de arma de fogo

A denúncia já foi aceita pelo juiz responsável, o que permitirá que os acusados apr...

06 set 23 - 18h04 Redação SOT
Caso Daiane de Jesus: Policial Penal também é denunciado por porte irregular de arma de fogo

Na tarde desta quarta-feira (06), o Ministério Público anunciou que adicionou um novo crime à denúncia já oferecida contra os acusados da morte de Daiane de Jesus.

Relembrando o caso, a mulher foi brutalmente agredida por seguranças de uma casa noturna na madrugada de 28 de maio e deixada caída no meio da Rua Paraná, onde foi tragicamente atropelada por um veículo, resultando em sua morte instantânea.

Inicialmente, o Ministério Público havia denunciado os três seguranças da boate por homicídio qualificado e exercício irregular da profissão. No entanto, a Promotoria decidiu agora adicionar uma acusação adicional de porte irregular de arma de fogo contra um policial penal que trabalhava no estabelecimento.

Segundo o Promotor Alex Fadel, o denunciado não deveria estar portando uma arma de fogo naquela situação, uma vez que, no momento dos fatos, ele estava exercendo uma atividade lucrativa diferente daquela realizada como agente penal do Estado.

A denúncia já foi aceita pelo juiz responsável, o que permitirá que os acusados apresentem suas defesas. Nos próximos meses, uma audiência será agendada para determinar se o caso será levado a julgamento popular.

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.