Cascavel

PRF encerra Operação Independência sem mortes nas rodovias federais do oeste do Paraná

No feriado prolongado foram realizados 388 testes de alcoolemia, que constataram 3...

11 set 23 - 10h46 Redação SOT
PRF encerra Operação Independência sem mortes nas rodovias federais do oeste do Paraná

Nos 5 dias de ações, foram fiscalizados 676 veículos e 769 pessoas. 388 condutores foram submetidos ao teste do etilômetro. Foram realizadas diversas ações, visando aumentar a presença da Polícia Rodoviária Federal nos horários e locais com a maior incidência dos acidentes graves.   

Durante a operação, o radar foi operado por 22 horas. Captando 891 veículos acima dos limites estabelecidos. O excesso de velocidade é o responsável pela maioria dos acidentes registrados nas rodovias federais que cortam a região oeste. A intensificação do uso do medidor de velocidade visa não só a redução dos acidentes, mas também a violência dos sinistros. 

Veículos foram flagrados veículos trafegando acima dos 130 km/h em local com velocidade regulamentada de 80 km/h. Nessas condições, os motoristas serão autuados e terão o direito de dirigir suspenso, o valor da multa é de R$ 880,00. Com esta velocidade, o desempenho dos dispositivos de segurança fica muito prejudicado, e aumentam muito as chances de morte.

Várias ações foram direcionadas para o combate à combinação direção/álcool. No feriado prolongado foram realizados 388 testes de alcoolemia, que constataram 3 condutores dirigindo sob influência de álcool. Outros 8 condutores se recusaram a realizar o teste e também foram autuados, pagarão uma multe de R$ 2.934,00 e terão o direito de dirigir suspenso por 1 ano.   

ULTRAPASSAGENS INDEVIDAS - As ultrapassagens indevidas são as responsáveis pelos acidentes mais letais, respondendo por quase 40% das mortes registradas nas rodovias federais. Equipes foram direcionadas para os horários e locais com registros desses acidentes, visando conter os mais apressados e garantir a segurança viária. 

116 condutores foram flagrados realizando a manobra em local proibido pela sinalização. 

FISCALIZAÇÃO DE MOTOCICLETAS - As motocicletas representam um meio ágio e econômico de locomoção, no entanto, seus condutores representam uma grande fatia das pessoas mortas em acidentes de trânsito, dentro e fora das cidades. Ações foram desenvolvidas para fiscalizar e orientar esse público a respeito dos riscos e dos cuidados necessários a uma condução segura. 

AÇÕES EDUCATIVAS - Visando orientar pedestres na travessia segura das rodovias, especialmente nos locais onde não existem estruturas adequadas, foram realizadas abordagens a pedestres e orientação a respeito dos riscos envolvidos nessas travessias. As ações ocorreram na região do Trevo Guarujá, que possui alta incidência de atropelamentos. 

Também houve orientação de passageiros do transporte coletivo a respeito da importância do uso do cinto de segurança. 

COMBATE A CRIMINALIDADE - Mesmo com a atenção voltada para a garantia da segurança e fluidez viária, ações de combate ao crime foram realizadas, resultando em apreensões e recuperação de veículos roubados. Durante a operação, os policiais rodoviários federais registraram 12 ocorrências policias, prenderam 13 pessoas e apreenderam 818 quilos de maconha e 13,6 Kg de cocaína, além de apreensões de equipamentos eletrônicos e cigarros contrabandeados. 4 veículos foram recuperados. 

ACIDENTES - Durante os 5 dias da operação foram registrados 5 acidentes, com 7 pessoas feridas sem gravidade. Nenhuma pessoa perdeu a vida nas BRs sob circunscrição da Delegacia PRF de Cascavel.

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Luiz Felipe Max


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.