Paraná

Mulher é detida com carga ilegal de cigarros eletrônicos em fundo falso de carro na BR-277

A condutora do veículo possui histórico relacionado ao comércio ilegal para estudan...

01 jul 24 - 15h37 Atualizado 01 jul 24 - 15h43 Redação SOT

No último sábado (29), uma operação de rotina da Receita Federal na BR-277, altura de São Miguel do Iguaçu-PR, resultou na descoberta de um sofisticado esquema de contrabando. Durante a abordagem de um veículo de passageiros às 3h30 da madrugada com destino a Capinópolis-MG, servidores da Receita Federal identificaram mercadorias ilegais escondidas em fundo falso nas caixas de ar do automóvel. 

Entre os produtos apreendidos estavam cerca de 30 ampolas e 250 comprimidos de hormônios, além de 100 cigarros eletrônicos. A responsável pelas mercadorias tem registros anteriores em Minas Gerais, onde figura em ocorrências relacionadas ao comércio. Um dos registros a menciona como responsável por venda irregular de cigarros eletrônicos, especialmente direcionados a estudantes, implicando riscos à saúde pública.

A descoberta da carga ilegal exigiu a intervenção especializada do Corpo de Bombeiros para acessar o fundo falso do veículo, demonstrando um alto nível de sofisticação no esquema de contrabando. A eficácia da operação evidenciou a habilidade dos servidores da Receita Federal na identificação dos compartimentos secretos. 

O veículo e as mercadorias foram encaminhados para a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu para as providências legais pertinentes. 

A Receita Federal reitera o compromisso no combate ao contrabando, descaminho e outras práticas ilícitas, visando garantir a segurança fiscal e o cumprimento das leis comerciais. Operações como essas são fundamentais para combater atividades ilegais e proteger a economia nacional. 

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.