Cotidiano

Leis criadas por vereador Marcelo Picoli valorizam as mulheres empreendedoras

Entre essas leis, destaca-se a Lei da Mulher Empreendedora, que oferece um suporte...

02 jul 24 - 11h40 Redação SOT
Leis criadas por vereador Marcelo Picoli valorizam as mulheres empreendedoras

Santa Tereza do Oeste - Durante a tradicional Live de segunda-feira, o vereador Marcelo Picoli (PSB) abordou temas fundamentais relacionados à inclusão e participação das mulheres na política, além de várias causas relevantes para as mulheres, destacando as leis que ele próprio criou e obteve respaldo do Legislativo.

“Tratamos sobre a inclusão da mulher, a participação da mulher na política, e abordamos diversos assuntos relacionados às causas das mulheres, principalmente as leis que já foram aprovadas de minha autoria,” afirmou Picoli.

Entre essas leis, destaca-se a Lei da Mulher Empreendedora, que oferece um suporte financeiro significativo para as mulheres em diferentes estágios de formalização de seus negócios: R$ 5 mil para as que estão na informalidade, R$ 10 mil para as Microempreendedoras Individuais (MEI) e R$ 20 mil para as que possuem Microempresas. “É uma lei municipal que foi aprovada e que vai destinar esses recursos para que as mulheres possam ter mais uma alternativa de renda, principalmente as mulheres que são chefes de família,” explica o vereador.

Além disso, Marcelo Picoli enfatizou a importância da Lei Municipal de Proteção e Apoio à Mulher Vítima de Violência Doméstica, também de sua autoria, que oferece apoio jurídico, social e psicológico às vítimas. Esta lei também estabelece critérios de prioridade em programas habitacionais para mulheres que sofrem violência, com foco especial nas mulheres solo. “Os programas habitacionais têm como prioridade o atendimento dessas mulheres, e principalmente das mulheres solo,” ressaltou.

Marcelo Picoli também reforçou seu compromisso com a participação política das mulheres e como pré-candidato, anunciou a criação de uma Secretaria da Mulher em seu plano de governo. “Então a mulher terá representação dentro do governo municipal através dessa secretaria que vai cuidar das políticas públicas municipais em relação às mulheres,” afirmou o vereador. Ele destacou ainda os eventos realizados durante o ano para incentivar a participação feminina e reconhecer seu papel transformador na sociedade. “Nada mais justo que fazer o atendimento das mulheres e reconhecer o trabalho delas, criando a Secretaria da Mulher,” concluiu Picoli.

Cartão material escolar - Outro destaque das discussões foi a Lei Municipal que cria o Cartão Material Escolar. Segundo esta lei, cada aluno da Rede Pública Municipal de Ensino receberá, no início do ano letivo, um cartão para a compra de material escolar. “Falamos também sobre a questão das mulheres nas leis em relação ao autismo, enfim, de conscientização do transtorno do espectro autista,” acrescentou Picoli.

Via: Assessoria Marcelo Picoli - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.