Paraná

Sogra é presa pela Polícia Civil acusada de matar genro a facadas em Foz do Iguaçu

A Polícia Civil ainda investiga o caso e busca determinar a real motivação do crime...

03 jul 24 - 11h45 Atualizado 03 jul 24 - 16h45 Redação SOT

Na tarde da última segunda-feira (01/07), policiais civis da Delegacia de Homicídios, da 6º SDP de Foz do Iguaçu, deram cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Foz do Iguaçu em desfavor de uma senhora, de 65 anos de idade, apontada como suspeita do crime de homicídio em que vitimou seu genro, Roberto Carlos Partocheli.

Na ocasião do crime, que se deu em data de 06/06/2024, a vítima foi atingida por três golpes de arma branca, ocasião em que a autora se evadiu do local portando a arma (uma  faca) utilizada para cometer o delito. 

Ainda no local a vítima chegou a ser atendida pelo SIATE e foi encaminhada ao Hospital Municipal Padre Germano Lauck, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. 

Quanto à motivação do crime, obteve-se que a suspeita estava afirmando a terceiros que o genro tinha por hábito agredir fisicamente a filha dela, fato que não foi confirmado porque a esposa da vítima foi ouvida e negou sofrer violência doméstica, inexistindo qualquer boletim de ocorrência nesse sentido. 

A presa foi encaminhada à Cadeia Pública Laudemir Neves, onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Via: SOT/Luiz Felipe Max - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas, Fotos, Videos, ou Participe do grupo no WhatsApp ou do nosso Canal no Telegram receba as principais notícias do oeste do Paraná em primeira mão! 

CANAL NO WHATSAPP  -  CANAL DO TELEGRAM - GOOGLE NEWS 



Leia Também:
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.